Onde nos posicionamos como empresa especializada na Administração de Condomínios em Lisboa

21-03-2019

Em menos de 50 anos, Lisboa dobrou o número de habitantes por quilómetro quadrado, albergando hoje quase 3 milhões de pessoas. Estes habitantes estão distribuídos maioritariamente por prédios com mais de 4 fogos e que, por isso, exigem uma administração de condomínio.

 

Como tem sido a administração do condomínio em Lisboa? Em especial, como tem a Lithoespaço acompanhado a evolução da administração de condomínio em Lisboa? Vamos saber mais.

 

Portugal, em meados de 1950, era um país fundamentalmente rural com 65% da população a viver fora dos centros urbanos, sendo que os distritos de Lisboae Porto acolhiam 26,8% da restante população. Em 1970, os mesmos distritos já acolhiam 33,5% da população total. Desde então que Lisboa, em particular, cresce cerca de 2% ao ano, crescimento este que está muito acima da média das capitais europeias.

As evoluções e revoluções económicas e sociais foram muitas desde, tendo a Expo98 sido um marco no desenvolvimento de Lisboa.

A Lithoespaço nasce, precisamente, em 1997 ao prever um aumento da necessidade de administração de condomínio em Lisboa, em especial nos vários condomínios em redor da Expo98, hoje Parque das Nações.

O Parque das Nações era, então, o início do que veio a transformar-se num denso tecido urbano, constituído por fogos habitacionais que careciam de uma rigorosa administração de condomínio.

Apesar de a Lithoespaço ter começado a sua atividade de administração de condomínio em Lisboa na então Expo98, a verdade é que as duas décadas de especialização e experiência, aliadas ao seu habitual rigor e profissionalismo, têm sido solidamente reconhecidas além Parque das Nações. Hoje em dia, a Lithoespaço dedica-se à administração de condomínio em toda a Lisboa, desde o seu berço no Parque das Nações, passando pelas Avenidas Novas e até à zona histórica da Baixa de Lisboa, focando-se na administração de condomínio habitacional, mas, também, comercial.

 

Mas como encontrar e escolher uma empresa que ajude na administração do condomínio em Lisboa?

 

Na hora da contratação de uma empresa de administração de condomínios, eis algumas notas a ter em consideração:

  • a empresa contratada deverá ter um espaço físico que permita dar-se a conhecer com fidedignidade aos condóminos clientes e potenciais clientes;
  • confirmar a legalidade da empresa junto do IRN;
  • confirmar que a empresa tem seguro de responsabilidade civil;
  • pedir sugestões a condóminos de prédios vizinhos – nada supera uma boa experiência e consequente referência;
  • celebrar contratos curtos (anuais, por exemplo), nos quais as tarefas e serviços a serem prestados pela empresa contratada estão bem definidos.

 

São os mais de 20 anos de experiência, bons resultados e constantes referências de condomínio para condomínio que permitem a Lithoespaço notabilizar-se na administração de condomínios em Lisboa.

A vasta rede de parcerias e contactos especializados permite à Lithoespaço destacar-se, de forma inata, no mercado de prestadores de serviços de administração de condomínio em Lisboa, sendo reconhecida como uma empresa altamente profissional, especializada e competente.

A dedicação incansável das equipas da Lithoespaço aos condóminos que lhes entregam a administração de condomínio, bem como o rigor, atenção ao detalhe e ética profissional que pautam a sua actividade têm solidificado a posição da Lithoespaço como uma empresa de referência na prestação de serviços de gestão e administração de condomínio em Lisboa.

Com uma rigorosa política de qualidade e detentora de uma certificação ISSO 9001:2015, a Lithoespaço | Administração de Condomínios promove a resolução de necessidades/tarefas para e entre condóminos, instituições e administração.

Se procura ajuda na administração do condomínio em Lisboa, contacte-nos aqui.

Outras Notícias Recentes